Viajar, Viagem, Viagens


Blog sobre Viagens, conheça os melhores destinos, informações úteis para quem vai viajar, veja como tirar passaporte, visto, e claro ter acesso a promoções exclusivas de passagens aéreas!

Alguém sabe se para viajar para o japão precisa ser descendente de japoneses?

Alguém sabe se para viajar para o japão precisa ser descendente de japoneses?
Tipo,eu quero viajar para o japão,mas eu não tenho nenhuma descendência japonesa,isso é possível?
Ouvi dizer que só os descendentes podem viajar para lá (eu queria passar uns 2 meses lá)

casado como descendente japones quanto tempo de casado consigo visto japones

.


Responder Facebook

9 Comentários sobre "Alguém sabe se para viajar para o japão precisa ser descendente de japoneses?"

Participe você também, faça seu Comentário!

  1. Caio Henrique diz:

    se for assim…é um absurdo..hehehe

  2. Rosalina diz:

    Lógico que não.
    Basta ter passaporte!

  3. Sula diz:

    Esta exigencia é só para quem quer trabalhar lá! O filho da minha amiga foi e ficou 2 anos…seu pai é japonês,por isto não houve obstáculos! Para turistas já não é assim!
    Abraço e boa sorte!

  4. Rogério diz:

    Não precisa ser descendente não, mas precisa do visto pra entrar e são bem rigorosos, tenho uns parentes que foram pra lá e conseguiram passar cerca de 3 semanas, sem maiores problemas, procure se informar com a embaixada do Japão aqui no Brasil, pra verificar o seu caso.

  5. RENATO RC diz:

    Caramba, esta é a maior besteira que ouvi aqui. Vc ouviu dizer isto? Me parece inacreditável. É lógico que qualquer pessoa pode e viaja mesmo para o Japão. Nenhum país civilizado ou mesmo os de terceiro mundo, jamais iriam proibir estrangeiros de adentrar em seus países (logicamente satisfazendo todas as exigências de praxe). Isto não tem a menor lógica.

  6. yamaguchi diz:

    nossa presisa sim é muito difício entrar lá se vc não é dessendente vc só pode passiar ou se vc casar com japonês(a)

  7. Junior diz:

    Se for pra passear qual quer um entra, agora se seu caso é trabalho a solução seria casar com uma japonesa/descedente com passaporte japonês.
    .
    .
    Se não me engano, os únicos não-descedentes que podem trabalhar no japão sem se casar com japoneses são os estadunidenses

  8. Leandro diz:

    AI PESSOAL MOREI NO JAPÃO POR 10 E SOU BURAJIRU JIN JUN SUI NO BURAJIRU JIN NO CASO QUE É O MEU TAMBEM DE NÃO SER DESCENDENTE DE JAPONES ,PARA TRBALHAR TEM QUE SER DESCENDENTE OU CASADO COM DESENDENTE PARA TURISTA TEM QUE PROVAR RENDA É COMO IR PARA OS ESTADOS UNIDOS TEM QUE PROVAR RENDA.
    CASO NÃO TENHA RENDA NÃO CONSEGUIRA O VISTO.

    BOA SORTE

    AH!!! ESSE POVO É RACISTA É MUITO DIFICIL MORAR LÁ
    DEPOIS DE ALGUNS ANOS SE ACOSTUMA

  9. Nippo Brasa diz:

    PRECISA SIM PARA TRABALHAR E COMO TURISTA TEM QUE PROVAR RENDA E COMO O NOSSO AMIGO LEANDRO FALOU.

    Ter a descendência japonesa
    OBS.: Os brasileiros não descendentes serão aceitos quando casados (as) com japoneses ou descendentes. Porém, estão fazendo uma triagem bem mais rigorosa na imigração, a fim de impedir casamentos por contrato.
    Os homens, mulheres, casais e famílias serão contratados com idade até 60 anos.

    Como vimos, então, para ir ao Japão, você precisa ser descendente de japoneses, ou estar casado com um descendente.

    Para pessoas que moram no estado de São Paulo, os descendentes têm que tirar o passaporte na polícia federal e solicitar uma Carta de Garantia, emitidos por um parente no Japão ou por uma empreiteira que se responsabilize por todos os atos do imigrante que quer ir para o Japão. Depois, é só ir à Embaixada do Japão e tirar o visto.

    Para pessoas que moram no estado do Paraná, o Consulado Geral do Japão em Curitiba exige uma Carta de Elegibilidade. Esta Carta deve ser dada por um parente que está trabalhando no Japão a mais de três meses. Nesta carta o parente fica responsável por quem vai para o Japão. O parente tem que entrar junto à imigração no Japão com a sua documentação e solicitar a Carta de Elegibilidade para o parente que vai para lá. Demora por volta de 90 dias para a imigração no Japão emitir esta carta.

    Para Sansei (neto de japoneses) e não descendentes:
    As pessoas que desejam o visto de permanência no Japão, deverão solicitar à imigração, através de um parente, o Certificado de Elegibilidade (Zairyushikakuninteishomesho) e dar entrada para obtenção do Visto Especial de Permanência: 01 ano ou 3 anos.

    Procure orientação no consulado japonês sobre a documentação necessária ou consulte uma agência de turismo.

    IMPORTANTE. TOME MUITO CUIDADO COM AGÊNCIAS INESCRUPULOSAS. ALGUMAS SE INTITULAM “AGÊNCIAS”, PORÉM O QUE ELAS MAIS QUEREM É PEGAR O SEU DINHEIRO.

    PROCURE SEMPRE UMA AGÊNCIA CONHECIDA, QUE TENHA REFERÊNCIAS E QUE ESTEJA AUXILIANDO NESSA ASSESSORIA Há BASTANTE TEMPO. SE INFORME COM QUEM JÁ UTILIZOU OS SEUS SERVIÇOS.

    ÀS VEZES O BARATO SAI CARO!

    Sabemos o quanto é difícil providenciar toda a papelada para depois receber a documentação de volta e ter um visto negado. Dá uma enorme decepção e a sensação de impotência é horrível. Por isso tome bastante cuidado na escolha da pessoa que vai te assessorar.

    Documentação necessária para solicitar visto de permanência no Japão:

    Para Nissei, Sansei.
    - Passaporte válido;

    - 02 fotos 5×7 recentes;

    - Atestado de residência (Comprovante de residência dos últimos seis meses no nome do requerente);

    - 02 Cópias autenticadas do RG, CPF e Título de Eleitor com comprovante da última eleição do requerente;

    - 02 cópias autenticadas da Certidão de Nascimento próprio + tradução;

    - 02 cópias autenticadas do RG dos pais, se falecidos, atestado de óbito + tradução;

    - 02 cópias autenticadas da Certidão de Casamento dos pais + tradução (se não constar no Kosseki Tohon);

    - Kosseki Tohon original + 01 cópia

    - Formulários em português e em inglês preenchido e assinado conforme passaporte.

    Se Sansei, acrescentar os documentos abaixo:
    - 02 cópias autenticadas da certidão de nascimento dos pais + tradução (caso falecidos atestado de óbito);

    - 02 cópias autenticadas da certidão de casamento dos avós + tradução (se não constar no Kosseki tohon);

    - 02 cópias autenticadas do RG dos avós (caso falecidos, atestado de óbito).

    Para Nissei ou Sansei casado com brasileiros acrescentar os seguintes documentos:
    - Original do inteiro teor do casamento próprio + 02 cópias autenticadas;

    - 02 cópias autenticadas da certidão de casamento próprio + tradução;

    - fotos de namoro, cartas de namoro, fotos de casamento;

    - 02 cópias autenticadas da certidão de nascimento dos filhos (se tiver);

    - Pedido de visto assinado, com foto colada.

    Obs: Se nissei ou sansei mestiço, acrescentar:

    - Original do inteiro teor de nascimento próprio + 02 cópias autenticadas;

    - fotos de infância junto com os pais.

    Documentos necessários para solicitar o Certificado de Elegibilidade no Japão através de Parente:
    -01 Cópia autenticada do passaporte págs. 1,2 e 3

    -02 Fotos 3×4 recentes

    02 Cópias autenticadas das certidões abaixo e traduções em japonês:

    -Certidão de nascimento e casamento do solicitante;

    -Certidão de nascimento do cônjuge, se o solicitante não for descendente;

    -Certidão de nascimento do pai ou da mãe (do sogro ou sogra) de quem for o Kosseki Tohon;

    -Certificado de casamento dos pais (ou dos sogros);

    Para Yonsei: O fornecimento de visto somente para crianças até 6 anos de idade.
    -01 Cópia autenticada do passaporte págs. 1,2 e 3

    -02 Fotos 3×4 recentes

    -Certificado de nascimento do avô ou avó, de quem for o Kosseki Tohon (para Yonsei);

    -Certificado de casamento dos avós (para yonsei).

    Documentos a serem enviados do Japão:
    01- Carta de garantia (Mimoto rosho-sho);

    02- Atestado de residência (Gaijin oroku Zumi Shomei-sho) requere-se na prefeitura;

    03- Certidão de Trabalho (Zaishoku Shomei-sho) requere-se na empresa;

    04- Declaração anual de renda (Gensenchoshu-hyo) solicite na empresa;

    05- Cópia do passaporte da pessoa que mandar a carta de garantia páginas 1, 2, 3 e todas as que contêm carimbos;

    - 06 Holerites dos três últimos meses;

    - 07 Cópias do Gaikokujin Toroku.

    Obs. Todos os documentos devem ser de uma só pessoa, isto é, de quem assina Carta de Garantia (parente) .

    Obs.2 Importante: Verificar se existe algum dado errado no documento brasileiro (como data de nascimento errada, nome de parente errado ou faltando). Caso exista, é necessário fazer a correção por escrito em japonês justificando o erro no documento. Caso esse erro for no Kosseki-tohon, deve-se solicitar a correção e pedir novo Kosseki atualizado para poder pedir o visto. Você terá que guardar uma cópia desta justificativa para que nas renovações de visto você tenha este documento para mostrar caso solicitado.

    Obs.3 Todo documento japonês deve ser assinado com caneta preta. A cor da tinta do carimbo para colocar a impressão digital ao lado da assinatura deve ser vermelho.

    Obs.4 Todo documento escrito em japonês deve ser assinado em japonês.

    Kosseki Tohon
    O kosseki Tohon é um documento japonês da sua ascendência. Nele consta toda a sua genealogia. Para conseguir o seu, é interessante procurar uma empresa de turismo que providenciará a solicitação do Kosseki Tohon de sua família. Não esqueça de levar as documentações acima.

    Dekassegui é todo aquele que abandona sua terra natal para trabalhar em outra cidade, estado ou país.

    Os dekasseguis revitalizam economias, diminuem as diferenças culturais e religiosas, estreitam os laços de amizades entre os povos, derrubam preconceitos.

Faça um Comentário!

Você está em: Viajar // Viajar Para // Alguém sabe se para viajar para o japão precisa ser descendente de japoneses?
Copyright © Viajar, Viagem, Viagens | Todos os direitos reservados.