Viajar, Viagem, Viagens


Blog sobre Viagens, conheça os melhores destinos, informações úteis para quem vai viajar, veja como tirar passaporte, visto, e claro ter acesso a promoções exclusivas de passagens aéreas!

Antes de viajar para Itália…

quais são os itens necessários para uma viagem a Italia?
gostaria de saber quais sao itens REALMENTE necessários pra uma viagem a Italia.. ja tenho a papelada da minha árvore genealógica, meu bisavô era italiano…quero dupla cidadania…o que mais eu preciso?

documentos para viajar para italia, documento exigido para entrar na italia, documento para ir a italia, exigências para entrar na itália, quantidade minima de dinheiro para entrar na itália, yhs-001, yhs-baixaki_br_solimba_01

.


Responder Facebook

5 Comentários sobre "Antes de viajar para Itália…"

Participe você também, faça seu Comentário!

  1. Pedro Roberto Gitirana A Guerra diz:
    Para a sua viagem as dicas são as seguintes:

    Como é do conhecimento geral, os cidadãos brasileiros não necessitam de visto para entrar em qualquer um dos Países Europeus integrantes do espaço Schengen, quando estiverem se deslocando a turismo e por no máximo 90 dias. Os Países integrantes do Espaço Schengen são a Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Espanha, Finlândia, França, Grécia, Itália, Islândia, Luxemburgo, Noruega, Países Baixos, Portugal e Suécia.

    Prováveis perguntas que poderão ser feitas pelos agentes da imigração:

    - O que você está vindo fazer aqui?
    - Onde vai ficar hospedado(a)?
    - Quanto de dinheiro está trazendo para sua viagem?
    - Quantos dias pretende ficar?
    - Qual a sua ocupação atual no seu país de origem?

    A isenção de visto não exime os turistas brasileiros do cumprimento de algumas formalidades de entrada no espaço Schengen, a saber:

    1) passaporte com validade superior a 6 meses;
    2) bilhete de viagem aérea (ida e volta) com permanência máxima de 90 dias;
    3) comprovante de hospedagem, reserva de passeios, aluguel de carro, etc;*
    4) seguro de saúde com cobertura mínima de € 30 mil Euros;*
    5) comprovante de meios financeiros para manter-se durante a estada. Em média é cobrado € 50 euros por dia de permanência em cada país, por pessoa, além disso, alguns países costumam exigir um valor extra de € 300 euros por cada entrada no país, como é o caso da Espanha.*

    * Embora as regras base acima mencionadas sejam comuns a todos os Países integrantes do espaço Schengen, estas regras de obrigatoriedade do seguro de saúde e do comprovante de meios financeiros variam de país para país.

    Quem viaja a Europa a convite de alguém ou participará.de evento por lá deve apresentar na imigração carta-convite obrigatória, emitida pelo cidadão daquele país ou que tenha autorização legal para viver lá, ou ainda a empresa organizadora do evento, contendo: nome completo do convidado(a), dados completos como endereço e telefones de contato de ambos, datas de chegada e saída do visitante, motivo da viagem e esclarecimentos quanto aos gastos do viajante naquele país, isto é, se serão financiados por quem está convidando ou pelo próprio convidado(a). A carta convite deve ter firma reconhecida lá e deve ser encaminhada a pessoa aqui no Brasil que vai viajar, para que esta seja apresentada no momento do seu desembarque no aeroporto ao oficial da imigração.

    Fica a critério das autoridades fronteiriças de cada país a exigência do cumprimento destas formalidades. Aos estrangeiros que não cumprem os requisitos acima referidos, pode ser recusada/dificultada a entrada no espaço Schengen, isto é, deportação.

    No link abaixo você vai encontrar dicas e informações para planejar sua viagem a Europa.

  2. altafini diz:
    Necessária, mesmo, é uma boa quantidade de euros, para fazer frente aos preços de lá.
    Além disso, complementando as boas as dicas dadas pelo colega Pedro Roberto, abordo, com mais profundidade, a questão da obtenção da cidadania italiana.
    Vc já procurou o Consulado Italiano mais próximo de sua cidade, levando os documentos que já tem em mãos ? Se não, faça-o logo, pois o processo pode demorar anos (no início de 2008, havia, no mundo, mais de 1,5 milhões de solicitações, sendo 900.000 só no Brasil). Em BH, por exemplo, a informação do Consulado que a concessão da cidadania poderia levar, dependendo do caso e de suas dificuldades, de 5 a 10 anos.
    Uma forma de vc ganhar tempo seria a de viajar logo para a Itália, com o passaporte brasileiro, e visitar a cidade de origem de seu bisavô, para, no Cartório de Registro Civil, conseguir documentos úteis para agilizar o processo.
    Mais uma coisa: com a crise e com a desvalorização do real frente ao euro, os preços na Itália ficaram ainda mais caros para os brasileiros. Para bancar hospedagem, transporte e alimentação na Itália, dependendo, logicamente, da cidade visitada e das opções escolhidas (hotel vs. albergue, restaurante vs. lanchonete, trem vs. avião, etc.), não dá para falar em menos do que 130/150 euros por dia. Se resolver ficar em roma, Veneza ou Florença, as coisas ficam ainda mais difíceis, pois essas são as mais caras, por serem as mais visitadas.
    Boa sorte e boa viagerm.
  3. Adi diz:
    Além da quantia em dinheiro que sabemos que è necessario pra cada dia de permanencia ( http://www.consbrasroma.it/docs/viagem_estada_na_Italia.swf), vc precisa vir preparado pra afrontar uma sociedade cheia de preconceitos e altamente pedante (infelizmente). Se vens pra morar… benvindo ao clube dos desesperados. Se vens a passeio vais adorar è linda demais!!
  4. Lyza diz:
    Olá, gostaria de saber como provo que tenho tal quantia ? preciso mostrar o dinheiro ? ou simplismento falo ? declaro ?. obrigada
  5. avne jorge diz:
    Boa noite eu estive na frança por tres meses e faz 15 dias que estou no brasil e tem problema para eu viajar por 8 dias a milao a turismo.

Faça um Comentário!

Você está em: Viajar // Viagem // Antes de viajar para Itália…
Copyright © Viajar, Viagem, Viagens | Todos os direitos reservados.